This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Find out more here.

We found an Wicanders website for your location, do you want to be redirected ?

Accept Reject

This site uses cookies. By continuing to browse the site you are agreeing to our use of cookies. Find out more here.

We found an Wicanders website for your location, do you want to be redirected ?

Accept Reject

Sustentabilidade Wicanders

Criado por Humanos, Inspirado na Natureza

A Wicanders representa um equilíbrio único entre a criação de produtos inovadores e a proteção do ambiente, combinando a tecnologia mais avançada com as fantásticas propriedades naturais da cortiça.

  • Processo de produção ecológico

    Os resíduos de cortiça resultantes do processo industrial são incorporados a 100% na produção, criando um ciclo ecologicamente vantajoso.

  • Uso intensivo de biomassa

    O pó de cortiça resultante do processo industrial é queimado para criar biomassa, a qual é posteriormente utilizada como principal fonte de energia na alimentação das instalações de produção. Isto permite à Wicanders basear a sua produção numa fonte de energia sustentável.

  • Baixas emissões de carbono

    A capacidade natural da cortiça de reduzir o CO₂, associada a um processo industrial ecologicamente sustentável, permite à Wicanders desenvolver produtos ecologicamente eficientes com um baixo fator de emissão de CO₂ , contribuindo de forma positiva para um ambiente sustentável.

  • Qualidade do ar interior

    Refinados de modo a ficar isentos de ftalatos perigosos, os produtos da Wicanders têm recebido certificações em matéria de qualidade do ar interior em todo o mundo, incluindo as certificações Greenguard e A+.

  • Potencial de aquecimento global negativo

    A maior parte dos produtos da Wicanders contribui para reduzir o aquecimento global, pois retém mais CO₂ do que emite.



Pense Verde

Cortiça, um material sustentável

A cortiça é proveniente da casca do sobreiro, uma árvore de crescimento lento da bacia do Mediterrâneo que pode viver até 200 anos e desempenha um papel fundamental no desenvolvimento social e económico dessa região.

  • Verdadeiramente amiga do ambiente

    A extração de cortiça e as indústrias relacionadas são verdadeiramente sustentáveis, uma vez que a árvore não sofre quaisquer danos ou prejuízos durante o processo de extração e a casca se regenera após cada extração.

  • Impacto ecológico positivo

    Estima-se que a floresta portuguesa de sobreiros – o montado – seja responsável pela retenção de 5% das emissões anuais de CO₂ do país, o que representa 4,8 milhões de toneladas por ano.

  • Uma atividade que atravessa gerações

    Os sobreiros são descortiçados manualmente, ocorrendo a primeira extração quando a árvore atinge os 25 anos e, posteriormente, a cada 9 anos, sendo esta uma atividade que passa de geração em geração.

  • Impacto social e económico positivo

    O descortiçamento é um processo cíclico e regular que contribui para a sustentabilidade social, económica e ambiental das áreas rurais da região mediterrânea.

  • Motor económico das áreas rurais

    O setor da cortiça e as atividades relacionadas alimentadas por esta indústria criam emprego em várias áreas rurais do país, promovendo a fixação de pessoas nas mesmas.

Este campo e obrigatorio
Pesquisa